Há um tempão que eu tenho vontade de colocar aqui looks dos blogs de marca. A verdade é que esses looks (assim como de algumas blogueiras) são cheios de truques pra ficar lindos na foto. Na vida real, só quem já pegou um look todinho do lookbook pra vestir sabe que nem sempre o bichinho funciona.
—
Esse, da Maria Filó, é o caso. O primeiro “truquezinho” pro look ficar bem na foto é a pose da modelo (magérrima, de passarela). Porque todo mundo faz essa pose quando pára em frente a uma vitrine passeando no shopping, né? - não.
Depois, reparem que a foto é tirada de baixo. Isso dá a ilusão de que é um look super alongador. Só que não é. E a não ser que você só saia com crianças, ninguém vai te ver desse ângulo. 
Por fim, o look em si… No post anterior, falei que o tamanho maior de um short fica lindo na foto, mas na vida real não funciona. Nesse caso, se a modelo fosse uma menina andando no shopping, o quadril dela pareceria muito maior do que realmente é por causa do volume do short, enquanto as pernas ficam suuuuper finininhas. É feio.
Aí, o short que tá grande nela, não parece dela. Principalmente quando “afixado” na cintura por um cinto fininho. É jeca, me perdoem. Ainda mais com a blusa (de lurex!) toda pra dentro.
Então, vem o casaco criando ainda mais volume na parte de cima, por ser branco, por não marcar a cintura. Fica tudo uma massaroca ali.
O resumo desses truquezinhos é: se você não tiver corpo de modelo e colocar esse look igualzinho, vai ficar com o corpo feio e desproporcional. Nada impede de você comprar as peças separadas e usar como bem quiser - eu faria isso.
Só penso que isso é coisa pra se ver em catálogo, inspirador. Lookbook é pra ter ideia de como usar as peças. Não acham? Ou eu estou errada?

Há um tempão que eu tenho vontade de colocar aqui looks dos blogs de marca. A verdade é que esses looks (assim como de algumas blogueiras) são cheios de truques pra ficar lindos na foto. Na vida real, só quem já pegou um look todinho do lookbook pra vestir sabe que nem sempre o bichinho funciona.

Esse, da Maria Filó, é o caso. O primeiro “truquezinho” pro look ficar bem na foto é a pose da modelo (magérrima, de passarela). Porque todo mundo faz essa pose quando pára em frente a uma vitrine passeando no shopping, né? - não.

Depois, reparem que a foto é tirada de baixo. Isso dá a ilusão de que é um look super alongador. Só que não é. E a não ser que você só saia com crianças, ninguém vai te ver desse ângulo. 

Por fim, o look em si… No post anterior, falei que o tamanho maior de um short fica lindo na foto, mas na vida real não funciona. Nesse caso, se a modelo fosse uma menina andando no shopping, o quadril dela pareceria muito maior do que realmente é por causa do volume do short, enquanto as pernas ficam suuuuper finininhas. É feio.

Aí, o short que tá grande nela, não parece dela. Principalmente quando “afixado” na cintura por um cinto fininho. É jeca, me perdoem. Ainda mais com a blusa (de lurex!) toda pra dentro.

Então, vem o casaco criando ainda mais volume na parte de cima, por ser branco, por não marcar a cintura. Fica tudo uma massaroca ali.

O resumo desses truquezinhos é: se você não tiver corpo de modelo e colocar esse look igualzinho, vai ficar com o corpo feio e desproporcional. Nada impede de você comprar as peças separadas e usar como bem quiser - eu faria isso.

Só penso que isso é coisa pra se ver em catálogo, inspirador. Lookbook é pra ter ideia de como usar as peças. Não acham? Ou eu estou errada?

Conheci esse blog hoje! (Quem tiver sugestão de blogs, ou looks, me manda pelo twitter? @ninaribeiro ;))
Tenho tentado pegar apenas looks realmente do dia vigente, ok? Entrei nesse blog, da Carol Rache, para conhecer e esse era o de hoje - mas o blog não é de look do dia, tem várias dicas legais e tal…
Eu quis colocar esse look aqui porque, pra mim, ele é o típico está lindo na foto, no contexto do blog e no corpo da blogueira (mó corpão!). Certo? Na vida real, acho que ele não funciona. Por duas razões:
1. Short muito curto + salto. Quem me conhece sabe que eu seu adepta do short curto, é a base do meu armário. Mas é preciso ter muito cuidado ao combinar o MUITO curto ao salto MUITO alto, pra ficar coerente. Além disso, o short jeans com uma pump super arrumada, pra mim não casa - e eu cometi esse erro mil vezes, até ver que não casava. Eu trocaria o short jeans por um de tecido ou corte mais nobre, ou a pump preta por um salto mais grosso, mais baixo e mais despojado (ou sairia sem salto).
2. Peso e Volume. Se tem uma coisa que fica linda em foto é a peça oversized - mesmo as que não são feitas para serem grandonas e são simplesmente um ou dois números maiores do que o que a modelo usa. Mas na vida real nem sempre funciona como na foto. Esse colete cria muito volume na parte de cima do look, em contraponto ao zero volume na parte de baixo. Fica estranho de olhar, é como se partisse o corpo em duas metades.
Ficou imenso o texto :/ Mas queria saber o que vocês acham! E se vocês acham que eu tou ficando velha e implicando com roupas muito curtas… hahahahaha

Conheci esse blog hoje! (Quem tiver sugestão de blogs, ou looks, me manda pelo twitter? @ninaribeiro ;))

Tenho tentado pegar apenas looks realmente do dia vigente, ok? Entrei nesse blog, da Carol Rache, para conhecer e esse era o de hoje - mas o blog não é de look do dia, tem várias dicas legais e tal…

Eu quis colocar esse look aqui porque, pra mim, ele é o típico está lindo na foto, no contexto do blog e no corpo da blogueira (mó corpão!). Certo? Na vida real, acho que ele não funciona. Por duas razões:

1. Short muito curto + salto. Quem me conhece sabe que eu seu adepta do short curto, é a base do meu armário. Mas é preciso ter muito cuidado ao combinar o MUITO curto ao salto MUITO alto, pra ficar coerente. Além disso, o short jeans com uma pump super arrumada, pra mim não casa - e eu cometi esse erro mil vezes, até ver que não casava. Eu trocaria o short jeans por um de tecido ou corte mais nobre, ou a pump preta por um salto mais grosso, mais baixo e mais despojado (ou sairia sem salto).

2. Peso e Volume. Se tem uma coisa que fica linda em foto é a peça oversized - mesmo as que não são feitas para serem grandonas e são simplesmente um ou dois números maiores do que o que a modelo usa. Mas na vida real nem sempre funciona como na foto. Esse colete cria muito volume na parte de cima do look, em contraponto ao zero volume na parte de baixo. Fica estranho de olhar, é como se partisse o corpo em duas metades.

Ficou imenso o texto :/ Mas queria saber o que vocês acham! E se vocês acham que eu tou ficando velha e implicando com roupas muito curtas… hahahahaha

Conheci essa semana o blog da Ana Luiza Castro. De vez em quando, fico pulando de link em link e conhecendo uns blogs novos. Ela tem um corpo incrível, gente. Sério. Quase todo look por lá veste ridiculamente bem nela.
Esse seria perfeito se a saia não fosse tão curta. Desconfortavelmente curta, é o que parece. Acho muito legal usar preto e branco e deixar cores fortes contrastantes para os acessórios, mas não consigo nem analisar muito além disso.
Antes de mais nada, não achei o look vulgar. A blusa é comportada e tudo é bem “tranquilo” no visual todo. Mas a saia é tão curta que estragou as proporções do corpo. Pernas são pra mostrar, eu sou super adepta do super curto e tenho pernas rolicinhas. Só que nesse caso parece que a saia é pequena, que não é dela. Sabem?
O que vocês acham? De verdade, quero saber mesmo.

Conheci essa semana o blog da Ana Luiza Castro. De vez em quando, fico pulando de link em link e conhecendo uns blogs novos. Ela tem um corpo incrível, gente. Sério. Quase todo look por lá veste ridiculamente bem nela.

Esse seria perfeito se a saia não fosse tão curta. Desconfortavelmente curta, é o que parece. Acho muito legal usar preto e branco e deixar cores fortes contrastantes para os acessórios, mas não consigo nem analisar muito além disso.

Antes de mais nada, não achei o look vulgar. A blusa é comportada e tudo é bem “tranquilo” no visual todo. Mas a saia é tão curta que estragou as proporções do corpo. Pernas são pra mostrar, eu sou super adepta do super curto e tenho pernas rolicinhas. Só que nesse caso parece que a saia é pequena, que não é dela. Sabem?

O que vocês acham? De verdade, quero saber mesmo.

Como a própria Lu Tranchesi falou lá no blog dela “vai ter uma galera torcendo o nariz para a camiseta”. E sim, esse look não agrada a todo mundo.
Mas quem não tem uma peça de roupa que sabe que as amigas vão achar estranha, mas ama e usa mesmo assim? Eu tenho.
Eu não gosto dessa camiseta porque, vocês sabem, sou a louca das proporções. Mas a desproporção é proposital nesse look. Afinal, ela sabe que a camiseta dá a sensação de ombros enormes e essa é a parte interessante: Os ombros são suficientemente exagerados pra gente perceber que ela está fazendo uma graça com a moda, ao invés de ter “errado” no look, não acham?
Sabe a única coisa que eu trocaria? A sandália. Aí sim colocava uma pesadona pra dar uma equilibrada, sem perder o charme do exagero proposital.

Como a própria Lu Tranchesi falou lá no blog dela “vai ter uma galera torcendo o nariz para a camiseta”. E sim, esse look não agrada a todo mundo.

Mas quem não tem uma peça de roupa que sabe que as amigas vão achar estranha, mas ama e usa mesmo assim? Eu tenho.

Eu não gosto dessa camiseta porque, vocês sabem, sou a louca das proporções. Mas a desproporção é proposital nesse look. Afinal, ela sabe que a camiseta dá a sensação de ombros enormes e essa é a parte interessante: Os ombros são suficientemente exagerados pra gente perceber que ela está fazendo uma graça com a moda, ao invés de ter “errado” no look, não acham?

Sabe a única coisa que eu trocaria? A sandália. Aí sim colocava uma pesadona pra dar uma equilibrada, sem perder o charme do exagero proposital.

Falei lá no Twitter que alguns looks eu amo tanto que nem tem muito que dizer. Esse look da Nati é um deles. 
Fiquei aqui pensando o porquê de ter gostado tanto. Acho que foi porque essa saia é do tipo que eu só imagino com camiseta ou uma camisa mais longa que deixa só uma pedacinho da saia aparecendo, sabe como? Pelo menos aqui no Rio, em que nossas nights mal exigem salto.
Adorei a combinação com o peplum, que é “calmo” sem ser muito armado. Fechado até o pescoço, ele “desperigueta” o look saia curta+saltão. Né? Ah! E a Nati falou lá no post exatamente o que eu falaria aqui do colar: “pesou na medida certa e funcionou como terceira peça”.

Falei lá no Twitter que alguns looks eu amo tanto que nem tem muito que dizer. Esse look da Nati é um deles. 

Fiquei aqui pensando o porquê de ter gostado tanto. Acho que foi porque essa saia é do tipo que eu só imagino com camiseta ou uma camisa mais longa que deixa só uma pedacinho da saia aparecendo, sabe como? Pelo menos aqui no Rio, em que nossas nights mal exigem salto.

Adorei a combinação com o peplum, que é “calmo” sem ser muito armado. Fechado até o pescoço, ele “desperigueta” o look saia curta+saltão. Né? Ah! E a Nati falou lá no post exatamente o que eu falaria aqui do colar: “pesou na medida certa e funcionou como terceira peça”.

Alerta calça aumentadora de quadril. Gente!
Lala Rudge é seca, magra, de perna fininha e linda. Mas pra usar uma calça tão agigantadora de quadril desse jeito, só com bastante volume na parte de cima pra equilibrar. Pelo menos, eu acho. 
E nem precisa de muito pra criar volume, viu? Se fosse uma camisa de cor clara, com manga ou pelo menos com mais destaque para o ombro já resolvia, imagino. 

Alerta calça aumentadora de quadril. Gente!

Lala Rudge é seca, magra, de perna fininha e linda. Mas pra usar uma calça tão agigantadora de quadril desse jeito, só com bastante volume na parte de cima pra equilibrar. Pelo menos, eu acho. 

E nem precisa de muito pra criar volume, viu? Se fosse uma camisa de cor clara, com manga ou pelo menos com mais destaque para o ombro já resolvia, imagino. 

Recomeçando…

Sem ofensa, sem chatiações, com educação.

Vamos? :)

Conheci esse blog outro dia. Então é bem capaz que ele nunca tenha aparecido aqui. (não lembro)
A Ana tem um estilo bem legal, real sem ser chato. Pelo menos foi o que vi por lá enquanto dava uma olhada.
Look pijama tá na moda. Um monte de gente odeia, um monte de gente ama. Eu sou uma que quer experimentar pra ver qualédaparada porque, em foto, eu costumo adorar.
Eu gosto desse da Ana. Mas mudaria algumas coisas. Na realidade, o truque com o look de calça+camisa de estampas iguais é fazer com que ele pareça o mínimo possível com um pijama. Ou seja, ponto pro saltão e pro colar bem colorido! A manga da camisa dobrada também é essencial nesse caso.
Eu colocaria o colar por cima da blusa, dando ainda menos a sensação de que se está indo dormir. Também abriria mais um botão da blusa e colocaria inteira para dentro da calça. Não acham que assim ia ficar menos “é só tirar o make e deitar”? Por fim, se possível, deixar a sandália aparecer seria minha última mudança.
E vocês?

Conheci esse blog outro dia. Então é bem capaz que ele nunca tenha aparecido aqui. (não lembro)

A Ana tem um estilo bem legal, real sem ser chato. Pelo menos foi o que vi por lá enquanto dava uma olhada.

Look pijama tá na moda. Um monte de gente odeia, um monte de gente ama. Eu sou uma que quer experimentar pra ver qualédaparada porque, em foto, eu costumo adorar.

Eu gosto desse da Ana. Mas mudaria algumas coisas. Na realidade, o truque com o look de calça+camisa de estampas iguais é fazer com que ele pareça o mínimo possível com um pijama. Ou seja, ponto pro saltão e pro colar bem colorido! A manga da camisa dobrada também é essencial nesse caso.

Eu colocaria o colar por cima da blusa, dando ainda menos a sensação de que se está indo dormir. Também abriria mais um botão da blusa e colocaria inteira para dentro da calça. Não acham que assim ia ficar menos “é só tirar o make e deitar”? Por fim, se possível, deixar a sandália aparecer seria minha última mudança.

E vocês?

Mais verde hospital! Tá na moda.
Esse look da Mariah eu gostei todinho, viu? E olha que eu pensei que esse fosse ser um dos casos “foto linda, look fuén”. Mas não. Eu gostei mesmo da combinação de tons.
É bem moderninha, mas as peças são tão clássicas que compensam. A bolsa como contraponto ficou uma graça, acho uma boa opção para quando se combina dois tons da mesma cor.
Também achei o cinto fundamental. Acho que sem ele ia ficar parecendo um look pouco pensando. Ao invés de parecer “me arrumei e tou moderna mesmo”, ia soar “quis fazer uma gracinha com as roupas do meu armário”. No fim, adorei. ia ver na rua e querer fazer igual.
Última observação: Agora, nada a ver com o look em si, pode ser a foto… Esse amassadinho na área da virilha às vezes cria uma linha horizontal que, combinada com o cinto, pode criar uma sensação de quadril mais largo. Eu tomo um super cuidado com isso, só por isso que reparei. Fim.

Mais verde hospital! Tá na moda.

Esse look da Mariah eu gostei todinho, viu? E olha que eu pensei que esse fosse ser um dos casos “foto linda, look fuén”. Mas não. Eu gostei mesmo da combinação de tons.

É bem moderninha, mas as peças são tão clássicas que compensam. A bolsa como contraponto ficou uma graça, acho uma boa opção para quando se combina dois tons da mesma cor.

Também achei o cinto fundamental. Acho que sem ele ia ficar parecendo um look pouco pensando. Ao invés de parecer “me arrumei e tou moderna mesmo”, ia soar “quis fazer uma gracinha com as roupas do meu armário”. No fim, adorei. ia ver na rua e querer fazer igual.

Última observação: Agora, nada a ver com o look em si, pode ser a foto… Esse amassadinho na área da virilha às vezes cria uma linha horizontal que, combinada com o cinto, pode criar uma sensação de quadril mais largo. Eu tomo um super cuidado com isso, só por isso que reparei. Fim.

Se é pra recomeçar, que seja com a unanimidade, certo? Afinal, se tem uma blogueira-look-do-dia preferida da galera, até de quem não é fã de blogueira-look-do-dia, é a Thássia.
Acho os looks da Thássia os mais difíceis de criticar, porque a foto é sempre maravilhosa. Sempre. Sempre. Mas duvido que esse último look tenha sido unânime. 
Gosto muito da parte de cima. Camiseta cinza, colete destruidinho, colar bonito e o combo cabelo-incrível-make-foda é sem erro. Só que eu acho que camiseta e colete tendem a criar um volumão da parte de cima, que pede uma parte baixa mais sequinha.
Ok. A calça é seca. Mas tem umas linhas imaginárias que criam volume nas coxas e é tãããão clarinha que acaba chamando atenção pra baixo. Aí não consigo ver um look como um todo, acho pouco harmônico.
Também achei a combinação de cores difícil, mas sou filha de médico e tenho várias questões pessoais com esse tom de verde.
E vocês, o que acham?

Se é pra recomeçar, que seja com a unanimidade, certo? Afinal, se tem uma blogueira-look-do-dia preferida da galera, até de quem não é fã de blogueira-look-do-dia, é a Thássia.

Acho os looks da Thássia os mais difíceis de criticar, porque a foto é sempre maravilhosa. Sempre. Sempre. Mas duvido que esse último look tenha sido unânime. 

Gosto muito da parte de cima. Camiseta cinza, colete destruidinho, colar bonito e o combo cabelo-incrível-make-foda é sem erro. Só que eu acho que camiseta e colete tendem a criar um volumão da parte de cima, que pede uma parte baixa mais sequinha.

Ok. A calça é seca. Mas tem umas linhas imaginárias que criam volume nas coxas e é tãããão clarinha que acaba chamando atenção pra baixo. Aí não consigo ver um look como um todo, acho pouco harmônico.

Também achei a combinação de cores difícil, mas sou filha de médico e tenho várias questões pessoais com esse tom de verde.

E vocês, o que acham?